Atenção à saúde dos trabalhadores no Porto de Santos

Enviei recentemente um ofício ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, pedindo que consiga disponibilizar testes de Covid-19 para trabalhadores avulsos do Porto de Santos inscritos no Ogmo.


Esses trabalhadores, após serem escalados pelo órgão gestor, acabam também se expondo ao risco de contrair o novo coronavírus por conta de terem que embarcar e desembarcar as cargas de navios que chegam de todas as partes do mundo.


Todos estamos vendo o aumento do número de casos suspeitos do novo coronavírus em tripulantes de navios que chegam ao Porto de Santos para operações de carga e descarga.


Muitos navios, ancorados ou aguardando atracação no local de fundeio, ficam sob fiscalização da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), secretarias municipais de Saúde de Santos e Guarujá, entre outros órgãos, que impõem, quando necessário, medidas de quarentena.


Deixei claro ao ministro Tarcísio Gomes de Freitas que é imprescindível a disponibilização, por parte do Ministério da Infraestrutura, de testes rápidos para a Covid-19 a fim de atender cerca de 5 mil trabalhadores portuários avulsos registrados e cadastrados no Ogmo de Santos.


Lembrei ao ministro que o presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou a liberação de 32 milhões de testes que estão sendo distribuídos em todo o Brasil.


O Porto de Santos, responsável por 28% da balança comercial brasileira, e que recebe, em média, 13,4 navios/dia, precisa garantir aos seus trabalhadores a possibilidade de realização dos testes neste momento de pandemia.


Para se ter uma ideia, apenas em 2019, o Porto recebeu 4.842 navios, cujas operações registraram o recorde de 134 milhões de toneladas movimentadas. Este movimento atesta que está em Santos e em Guarujá o principal porto do país.


Daí a importância da preservação da saúde dos trabalhadores, que atuam diretamente em contato com as cargas e muito próximos das tripulações destes navios. Para os trabalhadores avulsos, já havia solicitado a liberação do FGTS quando do começo da pandemia, uma vez que esta categoria vem enfrentando muitas dificuldades.


Mas também pedi proteção para todas as categorias que atuam no Porto de Santos, como os práticos, que são os que primeiro se arriscam por manterem os contatos iniciais com as tripulações dos navios, bem antes da atracação.


Também solicitei, e fui atendida, na instalação de estações de limpeza, pela Autoridade Portuária, na área do cais, nas escadas de acesso aos navios.


Enfim, dar segurança a quem trabalha no Porto de Santos é muito importante. Afinal, pelo cais santista, mantemos contato com o mundo.




2 visualizações

REDES SOCIAIS

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco

Acompanhe nossas redes sociais

ACOMPANHE!

Cadastre-se e receba informações do mandato em seu whatsapp

BRASILIA

Câmara dos Deputados
Palácio do Congresso Nacional
Praça dos Três Poderes - Brasilia - DF
Anexo IV - Gabinete 529
CEP 70160-900
Telefone: (61) 3215-5529

SANTOS

Av. Ana Costa, 146
Salas 301 e 302
Vila Mathias - Santos - SP
CEP 11060-000
Telefone: (13) 3232-1551