Deputada cobra do INSS garantia dos serviços diante do corte de verba

Atualizado: 3 de fev.

Rosana Valle pede reunião com o presidente do INSS, José Carlos Oliveira, para receber informações oficiais


A notícia do corte de R$ 988 milhões no orçamento do INSS, que pode afetar os serviços na região e no País, faz a deputada federal Rosana Valle (PSB) cobrar uma posição do Governo Federal a respeito, com pedido de reunião, junto ao presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), José Carlos Oliveira, para que sejam explicados os eventuais prejuízos aos segurados.


A deputada quer saber se agências serão fechadas e se haverá aumento no prazo para análises de processos, conforme o temor da presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP), Adriana Bramante. Informações desse instituto dão conta da existência de 2 milhões de processos em instância inicial e outros 1,5 milhão em fase de recurso.


“Queremos garantias do INSS de que o serviço será mantido e não sofrerá atrasos diante deste corte. Temos que garantir respeito aos aposentados e pensionistas, que trabalharam uma vida inteira e não podem sofrer ainda mais nas filas do INSS”, disse a parlamentar.


Rosana Valle está preocupada com a redução do quadro de servidores do INSS, que passou de 38 mil, em 2017, para 19 mil atualmente. “Apesar da crescente informatização do INSS, muitos beneficiários precisam recorrer ao sistema presencial e, quando não conseguem, buscam a ajuda de terceiros, tendo que pagar para terem seus direitos atendidos”, afirmou.



IBDP, INSS, Deputada Rosana Valle

38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo