Deputada pede à CPFL ligação de energia no Tancredo III

A conclusão das 1.120 moradias populares do Conjunto Habitacional Tancredo Neves III, na Cidade Náutica, em São Vicente, depende da ligação de energia elétrica por parte da CPFL. Esta demora impede a instalação de luz nas unidades, que já estão prontas. A deputada federal Rosana Valle (PL) pediu informações à empresa sobre a realização dos serviços.


A Construtora Saned, responsável pela obra, fez o pedido da ligação em dezembro de 2018. A solicitação foi aprovada em janeiro de 2019 e foi realizada uma vistoria no conjunto em abril de 2021. Mas, até o momento, os serviços não foram realizados.


Sem a energia, as 1.120 moradias não poderão ser ocupadas quando o cadastro dos beneficiados estiver concluído. A ligação também viabilizaria a iluminação pública e o funcionamento dos equipamentos públicos, como escola, unidade de saúde, que estão em construção na área institucional, nos fundos do conjunto.

“Não podemos permitir o atraso da obra das moradias, com tanta gente precisando, por conta da não instalação de energia. Já que consegui, junto ao Governo Federal, retomar as obras das moradias que estavam paralisadas, não podemos deixar que este problema atrase a liberação dos apartamentos”, afirmou a deputada.



152 visualizações0 comentário