Rosana Valle quer derrubar veto de Bolsonaro ao Reporto

Atualizado: 8 de fev.

Deputada lamenta posição do governo em projeto que incentiva investimentos e gera empregos


A deputada federal Rosana Valle (PSB) vai trabalhar pela derrubada do veto do presidente da República, Jair Bolsonaro, ao projeto de recriação do Reporto, o benefício tributário que desonera investimentos em portos e ferrovias, incluído pelo Congresso Nacional no Projeto de Lei da BR do Mar.


“Como coordenadora da frente parlamentar em defesa do Porto de Santos, lamento a decisão do Governo Bolsonaro de vetar o Reporto, criado em 2004, que garantiria isenção de impostos para a importação de máquinas e equipamentos portuários, sem similares no Brasil. Lutamos muito, inclusive com o apoio do Ministério da Infraestrutura, por sua inclusão no PL BR do Mar. Agora, vamos lutar no Congresso pela derrubada do veto presidencial”, afirmou a deputada.


O Reporto vinha sendo sucessivamente renovado até perder de vez a validade, em 2020, provocando apelos de empresários na área de portos e ferrovias por sua retomada. No texto final da BR do Mar, aprovado em dezembro, ele foi reintroduzido e havia a previsão de vigência até o fim de 2023.


“Sem o Reporto haverá desaceleração da produtividade na movimentação portuária, reduzindo a competitividade do produto brasileiro no mercado internacional, além de prejuízos ao desenvolvimento tecnológico no setor e a consequente perda de postos de trabalho”, alertou Rosana Valle, que tem lutado pelo Reporto desde o início de seu mandato.


A deputada também lutou pela inclusão dos Redex e Depots, uma vez que 55% das exportações passam por estes recintos antes de irem para os chamados “terminais molhados”, que ficam junto ao cais.


A parlamentar lembra que, graças ao Reporto, o setor portuário foi responsável por investimentos de mais de R$ 42 bilhões nos últimos seis anos. São recursos que movimentam a economia da região e em todo o País.


“Para se ter uma ideia, este incentivo nos portos fez o setor ferroviário investir R$ 60 bilhões entre 2008 e 2019. Apenas nos estados de São Paulo e Minas Gerais, fábricas de vagões e obras de infraestrutura geraram 818 mil postos diretos de trabalho”, concluiu.



BR do Mar, presidente Jair Bolsonaro, Reporto, Redex, Depots, deputada federal Rosana Valle

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo