Terminal acessível vai trazer pescado mais barato para a região

Atualizado: 8 de fev.

Rosana Valle obteve detalhes do processo de concessão em reunião com secretário Nacional da Pesca


A taxa de desembarque para as embarcações nos terminais de Pesca de Santos e Cananéia será de 0,15 centavos de real e o quilo de gelo não poderá custar mais que 0,25 centavos de real. Com estes custos, estipulados na concessão dos terminais, haverá peixe mais barato e de qualidade na mesa da população da Baixada Santista e Vale do Ribeira.


Esta maior oferta do produto será uma realidade com a recuperação dos terminais públicos de pesca de Santos e Cananeia, que serão leiloados à iniciativa privada no dia 7 de março próximo.


O secretário Nacional da Pesca e Aquicultura, Jorge Seif, em reunião convocada pela deputada federal Rosana Valle (PSB), para explicar os processos de concessão, informou que a obrigatoriedade de tarifas mais baixas provocará o aumento da utilização dos terminais, com a consequente elevação da oferta do produto, com preços e qualidade mais atraentes.


“Nossa prioridade é atender as categorias mais vulneráveis, que são os pescadores”, disse Seif, que prevê um investimento privado de R$ 3,6 milhões nos dois terminais. Também serão concedidos os terminais pesqueiros de Aracaju (SE), Belém (PA), Manaus (AM), Natal (RN) e Vitória (ES). O primeiro, já privatizado, em Cabedelo, na Paraíba, será inaugurado dia 8 de fevereiro.


A deputada perguntou se haverá possibilidade de melhor aproveitamento dos terminais, como a abertura de cursos de gastronomia e de habilidades náuticas, além de restaurantes, de modo a aproveitar o potencial turístico das cidades onde estão os terminais.


O secretário disse que está aberta esta possibilidade, desde que os investidores priorizem o atendimento às necessidades das comunidades pesqueiras. Esta tendência de interação da pesca com o turismo é internacional, e tem como um dos marcos a Cidade de Vigo, na Galícia, Espanha.


Desde o inicio do seu mandato, a deputada busca a recuperação dos terminais de Santos e Cananéia. O de Santos, que já foi o mais movimentado do Brasil, inaugurado em 1958, fica na porta de entrada do maior porto da América do Sul e diante da maior travessia de balsas do mundo.


“É um sonho que está perto de ser concretizado e vou fiscalizar e acompanhar de perto para que a pesca retome a importância que já teve na Baixada e no Vale do Ribeira”, disse Rosana.


terminal de pesca , terminal de pesca de Santos, terminal de pesca de Cananéia, ministério da aquicultura

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo